terça-feira, 31 de dezembro de 2013

Trabalhar com eventos nos permite usufruir de momentos especiais

Presidenta da Argentina Cristina Kirchner
Trabalhar com eventos exige conviver com altas doses de pressões físicas e psicológicas derivadas da falta de tempo, das poucas horas de sono, dos serviços nos fins de semana e feriados, das críticas e exigências desproporcionais e tudo mais, já falamos sobre isso no post As férias dos profissionais de eventos.

Mas trabalhar com eventos nos permite também compartir com pessoas que de outra forma talvez não teríamos a oportunidade. Trabalhar com eventos nos permite desfrutar de momentos especiais, momentos de aprendizados fantásticos, de trocas de experiências muito interessantes que na maioria das vezes reconfortam todo o desgaste que a profissão exige.

Dar valor a esses momentos nos torna profissionais mais alegres, satisfeitos e capazes!

Ver também:

segunda-feira, 30 de dezembro de 2013

Desejamos um 2014 cheio de sucesso e oportunidades para os profissionais de eventos!


O Ano Novo já está batendo às nossas portas e, afortunadamente, não será mais um ano qualquer: será ano de Copa do Mundo no Brasil. Por isso, mais do que nunca, desejamos que 2014 seja um ano cheio de brilho para todos os profissionais de eventos, e que chegue recheado de esperanças, novas alegrias, melhores oportunidades e muito, muito sucesso!

E para lembrar o milagre da renovação que nos traz o Ano Novo, registramos aqui a sabedoria de Carlos Drumond de Andrade resumida em poucas palavras:


Cortar o tempo

Quem teve a ideia de cortar o tempo em fatias, a que se deu o nome de ano, foi um indivíduo genial.

Industrializou a esperança, fazendo-a funcionar no limite da exaustão. Doze meses dão para qualquer ser humano se cansar e entregar os pontos.

Aí entra o milagre da renovação e tudo começa outra vez, com outro número e outra vontade de acreditar que daqui pra diante vai ser diferente.


FELIZ 2014 PARA TODOS OS PROFISSIONAIS DE EVENTOS!

Ver também:

sábado, 28 de dezembro de 2013

Vale a pena contratar um fotógrafo profissional para seu evento?

Divulgação: www.garyvarvel.com

Bons fotógrafos profissionais fazem toda a diferença, não resta a menor dúvida. E se você optar por contratar um deles para fazer a cobertura do seu evento, dificilmente irá se arrepender.

Mas a fotografia de eventos vem sofrendo uma rápida e substancial metamorfose na sua concepção: as fotos "profissionais" estão sendo substituídas cada vez mais pela avalanche de registros fotográficos feitos pelos próprios participantes dos eventos.

A maioria dos celulares atuais são também câmeras fotográficas, e os aparelhos mais modernos contam ainda com a possibilidade de compartilhamento imediato nas redes sociais. Sendo assim, é só fazer uma seleção entre as inúmeras fotos publicadas.

É uma excelente vantagem ter o seu evento registrado pelos fotógrafos mais envolvidos: os convidados. E é bom saber que essas fotos estarão à disposição de imediato na internet, sem custos adicionais nem muita preocupação com direitos autorais.

Em poucos anos, a profissão de fotógrafo profissional ficará lamentavelmente restrita a pouquíssimos especialistas, ou desaparecerá. É a tecnologia, por meio da fotografia, abrindo-se passo também no mundo dos eventos, e trazendo consigo suas inúmeras vantagens, e alguns prejuízos pontuais.

sexta-feira, 27 de dezembro de 2013

Ainda bem que, de louco, todos nós temos um pouco!


Disse o barão de Montesquieu, filósofo francês do século XVIII, que para se ter sucesso na vida "é preciso ser louco ou ser sábio"Deveu ter razão Montesquieu, pois sua frase transcendeu várias gerações e foi reproduzida milhares de vezes nos últimos 300 anos.

Infelizmente, no mundo dos eventos, o sucesso aparece associado menos à "sabedoria" e mais a atributos como esforço, dedicação, comprometimento, entrega, disponibilidade, auto-motivação, etc; estes últimos, em todo caso, mais próximos da "loucura".

Sendo assim, vale a pena começarmos a agir com a maior sabedoria possível, ou nos restará apenas o consolo de saber que, em se tratando de profissionais de eventos, de louco, todos nós temos um pouco.

segunda-feira, 23 de dezembro de 2013

Férias também para nós?

As férias dos profissionais de eventos

Foto: divulgação.

Conviver com elevadas doses de pressão física e psicológica faz parte do dia a dia dos profissionais de eventos. Falta de tempo, ausência de recursos, poucas horas de sono, trabalho nos fines de semana e feriados, exigências desproporcionais, críticas... Essas são características que configuram a rotina diária dos nossos colegas de profissão.

"Se virem" - é uma frase que com frequência escutamos. E com a mesma frequência também "nos viramos!" Fazemos o impossível, o inimaginável. Criamos e recriamos para que tudo saia (quase) perfeito, para que o cliente se sinta satisfeito, para que os convidados fiquem impressionados e não percebam nem de longe qualquer falha, qualquer erro, qualquer defeito.

Encarar desafios e trabalhar duro suportando pressões é um dos maiores prazeres dos profissionais de eventos, e não deveria - e nem vai ser - diferente. Não é por acaso que uma das características mais apreciadas em cada um de nós é a resiliência, quer dizer, a nossa capacidade de voltarmos ao normal após termos sido submetidos a grandes pressões.

Mas falo por experiência própria. Não confundam o prazer de trabalhar com o descanso necessário. Somos fortes, somos duros, somos resistentes, somos até resilientes, mas não somos de aço. Precisamos de descanso. Por isso, o meu maior desejo é que aqueles profissionais de eventos que saírem agora de férias consigam relaxar ao máximo.

Bom descanso, ótimo Natal para todos e um excelente 2014!

Leia também:
Profissionais de Eventos tipo "zumbi" >>>

sábado, 21 de dezembro de 2013

São Paulo: 90 mil eventos por ano, um a cada 6 minutos!

Foto: divulgação.
Segundo informações divulgadas no site do São Paulo Convention & Visitors Bureau (visitesaopaulo.com), em São Paulo são realizados 90 mil eventos por ano, o que equivale a um novo evento a cada 6 minutos. Das pessoas que viajam a São Paulo, 25,4% delas o fazem para participar em eventos, segundo a mesma fonte.

Os eventos realizados em São Paulo geram R$ 4 bilhões de receita ao ano em hospedagem, alimentação, compras, transporte e lazer, entre outros. Os setores que mais realizam eventos são, pela ordem: médico, científico, tecnológico, industrial y educacional.

Os principais pontos positivos de São Paulo seriam a disponibilidade de mão de obra e o mercado consumidor paulistano, assim como a infraestrutura de TI, também considerada relevante para a realização de eventos na cidade.

sexta-feira, 20 de dezembro de 2013

Organizador de Eventos é destaque como "profissão em alta" no programa Hoje em Dia


O programa Hoje em Dia, da Rede Record, colocado no ar no dia 18 de dezembro de 2013, destacou a profissão de Organizador de Eventos como uma das que mais vem ganhando espaço no mercado no presente momento, garantindo bons lucros a esses profissionais.

Mesmo se tratando de uma profissão que exige bastante dedicação, inclusive disposição para trabalhar nos fins de semana e feriados, os cursos especializados em eventos estariam ganhando força e possibilitando rápida colocação no mercado de trabalho.

terça-feira, 17 de dezembro de 2013

O sucesso do profissional de eventos


Profissionais de Eventos tipo "zumbi"


Eu já vi muitos organizadores de eventos assim,
eu mesmo também já fiquei "zumbi" em várias ocasiões! rsrs

segunda-feira, 16 de dezembro de 2013

O trabalho em eventos permite contato com pessoas das mais diferentes culturas


O trabalho em eventos nos permite ter contato com pessoas diferentes e culturas muito especiais. Guardo aqui a agradável lembrança de um encontro recente, em Brasília, com os caciques Raoni Metuktire y Marcos Xukuru, líderes dos povos kaiapó e xukuru.

O cliente sempre em primeiro lugar? Ah, tá!


Bom dia! Meu nome é Pablo, sou o seu cliente, mas você
nunca me fez sentir em primeiro lugar!

Pois é, quando trabalhamos com eventos, ora lidamos com clientes ora nos tornamos clientes. Por isso, sempre que puder sorria, ouça, baixe o tom da voz, seja simpático, mantenha uma postura positiva, não leve as críticas para o lado pessoal e, acima de tudo, cumpra os compromissos. Os clientes nem sempre têm a razão e nem sempre ficam em primeiro lugar, mas merecem, isso sim, o nosso respeito, a nossa atenção e a nossa compreensão. No final, são eles que pagam a conta!

Sistema de Projeção AVI cobre palco de quase 60 metros e cria efeito fantástico!


Durante o Fórum Mundial de Direitos Humanos, realizado no Centro Internacional de Convenções do Brasil - CICB, em Brasília, a JM Tecnologia em Eventos montou um inovador sistema de projeção com tecnologia AVI para eventos.

O sistema, com 06 projetores especiais sustentados por um box truss de alumínio pendurado no teto da plenária, possibilitou a transmissão simultânea nos quase 60 metros de cumprimento do fundo de palco montado para o evento. Detalhe: não apareceu na projeção qualquer sombra das pessoas que estavam no palco. A projeção foi muito elogiada. O efeito foi literalmente fantástico!

Controlado por uma equipe de técnicos desde uma house mix montada num dos camarotes do mezanino, o sistema AVI permitiu projetar imagens no palco todo e, quando necessário, as projeções eram separadas, ficando uma imagem fixa na parte central do palco, a projeção do vídeo dos palestrantes nas laterais e, nos cantos, a versão simultânea da fala em linguagem escrita, para que pudesse ser compreendida por participantes com deficiência auditiva.

É isso aí, ao inovarmos em tecnologia em eventos quem mais se beneficia são os participantes, os quais passam a contar com ambientes cada vez mais acolhedores, práticos e funcionais.

Várias projeções no palco durante a fala do ex-presidente Lula
Fundo de palco com área total de quase 60 metros

House mix montada em mezanino em frente ao palco

Equipe técnica controla projeção desde a house mix

Fundo do palco projetado durante a premiação com
presença da presidenta Dilma Roussef




Leia também:

domingo, 15 de dezembro de 2013

O perfil do Profissional de Eventos (II)

Fórum Mundial de Direitos Humanos - Brasília-DF - Foto: PSF.

Na contratação de profissionais de eventos para atender a crescente demanda do setor, vem se observando uma tendência à valorização das qualidades pessoais em detrimento de competências técnicas específicas da função.

Assim, qualidades como comprometimento, integridade, comportamento, disponibilidade, resiliência, disposição, autenticidade, motivação, relacionamento interpessoal, entre outras, vem assumindo um peso crescente diante dos critérios tradicionais de seleção baseados em experiência profissional e formação acadêmica.

Por isso, saiba que não mais adianta ficar contando vantagens relatando os inúmeros eventos nos quais já trabalhou, ou os cursos que fez voltados para eventos e tudo mais. Mostre, acima de tudo, a sua capacidade de adaptação a mudanças, o seu caráter, a sua disposição, a sua  facilidade para trabalhar em equipe.

As equipes de eventos estão se tornando cada vez mais multiprofissionais, e as exigências precisam ser adaptadas à essa nova realidade. Quer ser contratado? Seja simples, ágil, flexível, confiável, autêntico. Seja, em fim, útil.

Leia também:
O perfil do Profissional de Eventos (I) >>> 

CICB - Centro Internacional de Convenções do Brasil >>>

Não foi fácil, já sei, mas ninguém falou que seria!

Foto: Eduardo Hinostroza
(Mensagem de agradecimento à Equipe Operacional  do CICB
Centro Internacional de Convenções do Brasil)

Bom dia, Equipe Operacional!

Não foi fácil, já sei, mas ninguém falou que seria!

Eventos do porte de uma “Expoepi”, de uma “Conferência Nacional de Saúde Indígena” e de um “Fórum Mundial de Direitos Humanos” são acontecimentos recheados de altas doses de complexidade, dificuldades, contratempos e imprevistos. São eventos de “gente grande”, que só profissionais competentes conseguem fazer com que eles aconteçam com sucesso. E a nossa Equipe Operacional conseguiu esse feito.

Recebemos os dois últimos eventos numa sequencia impressionante, com a desmontagem de um e a montagem do outro ocorrendo ao mesmo tempo. Mas a nossa Equipe superou os desafios e venceu dificuldades incríveis. No fim, em conjunto com as outras equipes do CICB, conseguimos dar vida ao nosso Centro Internacional de Convenções do Brasil, e fizemos acontecer o que parecia impossível, fizemos o que precisava ser feito.

Vencemos grandes desafios e vocês estão de Parabéns! Grande Equipe Operacional! Valeu a pena cada momento de tensão e estresse ao que fumos submetidos, valeram as críticas justas e as injustas, as noites sem dormir, cada dor muscular que sentimos, cada machucado, cada refeição que perdemos e até aquelas refeições que engolimos às pressas para atender mais um chamado urgente de fornecedores ou clientes.

No momento mais crítico e tenso pelo que passamos, quando nos preparávamos para receber à presidenta Dilma e o ex-presidente Lula, em meio às inúmeras dificuldades adicionais derivadas dos procedimentos de segurança, fumos muito bem lembrados da frase do Mandela que dizia que os desafios “se vencem com paciência, sabedoria, humildade e acima de tudo com muito amor”. E foi dessa forma que vencemos, acima de tudo, com muito amor por tudo o que fizemos.

Parabéns, Equipe Operacional! Recebam todos o nosso agradecimento sincero e a nossa gratidão pela oportunidade que tivemos de conviver juntos em momentos tão especiais. Bom descanso a todos, mas não se esqueçam, ano que vem tem mais. O ano 2014 que nos aguarde, com seus novos desafios e seus inúmeros eventos!

Abraços a todos!

Pablo Fuentes

domingo, 11 de agosto de 2013

Quando a perfeição não é bem-vinda


Duas situações desagradáveis ligadas ao perfeccionismo acontecem com frequência em eventos de todo tipo: 1) Quando tentamos fazer algo perfeito e sequer conseguimos concluí-lo em tempo, e; 2) Quando já fizemos algo bem feito, mas em nome da perfeição, terminamos por estragá-lo.

domingo, 30 de junho de 2013

"Organizador de Eventos" é a 62ª melhor entre as profissões atuais, segundo Ranking 2013 da CareerCast

Foto: reprodução.

A CareerCast, empresa norte-americana de consultoria em trabalho, divulgou o seu "Ranking 2013" com os 200 melhores e piores empregos da atualidade. Segundo a pesquisa, a profissão de Organizador de Eventos ocupa o lugar nº 62, tendo melhorado em comparação com o ano anterior, quando aparecia na 82ª colocação.

O estudo é baseado numa combinação de cinco critérios: exigências físicas, ambiente de trabalho, remuneração, estresse e probabilidades de contratação. Dessa forma, os melhor empregos seriam aqueles que oferecem uma boa qualidade de vida com um mínimo de estresse.

Os cinco melhores empregos, segundo o Ranking 2013, seriam: ciências atuariais,  engenheiro biomédico, engenheiro de software, audiólogo e planejador financeiro. Já os cinco piores empregos, entre os 200 avaliados, seriam: trabalhador de plataforma de Petróleo, ator,  militar, lenhador e repórter de jornal.

sexta-feira, 28 de junho de 2013

Grupo francês GL Events amplia sua atuação no mercado brasileiro de eventos


A GL Events Brasil, representante brasileira de um dos maiores grupos internacionais especializados em eventos (GL Events), gera atualmente 6% do faturamento total do grupo e ocupa o segundo lugar, colocando-se atrás apenas da França, onde fica a matriz.

O grupo GL Events é responsável atualmente pela gestão de 35 centros de eventos em 18 países, e em 2011 reportou um faturamento anual de 783 milhões de euros. A GL Events Brasil, por sua vez, foi responsável por um faturamento de R$ 118 milhões em 2011, volume 27% maior do que em 2010, quando faturou R$ 93 milhões.

No Brasil, a GL Events conta com escritórios em São Paulo, Rio de Janeiro, Belo Horizonte e Salvador, e tem a concessão do Riocentro e da HSBC Arena. A representante brasileira do grupo conta também com outras quatro operadoras:

1) Fragga I GL Eventos Exhibitions - organizadora de feiras;
2) Veredas - agência de eventos corporativos;
3) Top Gourmet - provedora de A&B
4) GL Events Services - infraestrutura para eventos

Como parte da política de crescimento e expansão dos seus investimentos no Brasil, o grupo GL Events está construindo o Hotel Grand Mercure Riocentro (RJ), e venceu, em 13 junho desse ano, uma licitação que lhe concede durante 30 anos o direito de uso e exploração do Centro de Exposições Imigrantes, um dos maiores pavilhões de São Paulo.

Na licitação pelo Centro de Exposições Imigrantes o grupo GL Events ofereceu o lance ganhador, mas a dupla Agrocentro e TCL Tecnologia e Construções Ltda, que apresentou proposta inferior, questionou o resultado, motivo pelo qual ainda não foi definido de forma definitiva o vencedor da licitação.

quarta-feira, 26 de junho de 2013

Crise afeta feiras e eventos na Europa


Centros de eventos também sofrem com a crise econômica internacional. O mais novo exemplo nos chega da Espanha. Informações divulgadas recentemente dão conta de que o conceituado espaço Feira Valência concluiu 2012 com resultado negativo de 4,5 milhões de euros, saldo 41% inferior, se comparado com 2011.

A Feira Valência, a mais antiga da Espanha, iniciou seus trabalhos em 1917, e mantêm em seu calendário, até hoje, os mais tradicionais eventos da indústria nacional. Mas as 64 feiras e eventos realizados em 2012, com seus mais de 600 mil visitantes, não foram suficientes para evitar o prejuízo.

Os responsáveis pela administração já anunciaram novas medidas para contornar a situação em 2013, inclusive cortes de funcionários e no orçamento, assim como sustanciais modificações de tipo estrutural e organizacional.

segunda-feira, 24 de junho de 2013

Vagas para Profissionais de Eventos em Brasília



Os candidatos para todas vagas relacionadas abaixo deverão contar com disponibilidade para início imediato, conhecimento no uso de recursos tecnológicos, inclusive pacote Office, Excell e internet, bom relacionamento interpessoal e habilidade para trabalho em equipes.

Coordenador de Eventos
Experiência comprovada na função. Inglês ou espanhol fluente. Habilidade para coordenar equipes. Currículo até 25/06: eventoscoord@gmail.com.

Coordenador Comercial
Experiência comprovada na elaboração de orçamentos e propostas comercias. Desejável fluência em inglês ou espanhol. Currículo até 25/06: comercialcoord@gmail.com.

Coordenador RH
Experiência comprovada em gestão de RH, T&S, R&S. Currículo até 25/06: rhcoordrh@gmail.com.

Gerente de Contas (externo)
Ampla experiência em gestão contratos e propostas, prospecção e manutenção de clientes. Necessário ter carro próprio. Currículo até 25/06: gercontas1@hotmail.com.

Supervisor de Eventos
Experiência comprovada na função. Desejável Inglês ou Espanhol fluente. Necessário graduação completa ou estar cursando. Habilidade para coordenar equipes multiprofissionais. Currículo até 25/06: superveventos@gmail.com.

Assistente de Eventos
Experiência comprovada na função ou similares. Desejável graduação (em andamento ou completo: Turismo, Eventos, Hotelaria). Currículo até 25/06: aevento01@gmail.com.

Assistente Financeiro
Experiência em contas a pagar/receber e folha de pagamento. Amplo conhecimento no uso de recursos tecnológicos (pacote Office, e-mail, internet). Currículo até 25/06: assfinanceiro@hotmail.com.

Assistente Comercial
Experiência na elaboração de orçamentos, planilhas, propostas, e-mails e contatos comerciais (presencial, por telefone e virtual). Currículo até 25/06: asscomercial@yahoo.com.br.

Assistente de Vendas
Experiência comprovada em vendas (telemarketing ativo/receptivo, presencial e via canais virtuais). Facilidade para captação e fidelização de clientes. Currículo até 25/06: assvendas1@yahoo.com.br.

Auxiliar de Serviços Gerais em Eventos
Experiência comprovada na função. Atuará na montagem de espaços para eventos, deslocando equipamentos e montando estruturas. Currículo até 25/06: auxeventos@hotmail.com.

Recepcionista
Experiência comprovada na função. Desejável atuação no segmento de eventos e amplo conhecimento no uso de internet, Windows e pacote Office. Necessário Inglês ou Espanhol fluente. Graduação completa ou cursando. Currículo 25/06: recepdf@yahoo.com.br.

Estagiário - Eventos
Desejável estar cursando Eventos, Hotelaria, Turismo, Administração, Secretariado Executivo ou cursos afins e ter experiência com atendimento a clientes ou eventos e amplo conhecimento no uso do computador. Currículo até 25/06: estags@yahoo.com.br.

Estagiário - Informática
Experiência em suporte ao cliente interno (software e hardware). Necessário estar cursando graduação em cursos relacionados à tecnologia da informação. Currículo até 25/06: estags@yahoo.com.br.

BOA SORTE A TODOS!!!

sexta-feira, 21 de junho de 2013

São Paulo: capital brasileira das feiras e eventos


De acordo com estudo publicado pela Fecomércio - Federação do Comércio de Bens, Serviços e Turismo, a Cidade de São Paulo realiza cada ano em torno de 90 mil eventos, gerando ingressos da ordem de R$ 3 bilhões/ano.

Mas a capital paulista vem apresentando déficits visíveis de investimentos em infraestrutura no setor, e a capacidade para receber novos eventos vai se esgotando, situação que tem levado algumas feiras e eventos a migrar para outros estados brasileiros.

Principais eventos realizados na Cidade de São Paulo:

Fórmula 1 - RS 238 milhões
Parada GLBT - R$ 188 milhões
Virada Cultural - R$ 142 milhões
Bienal da Arte - R$  120 milhões
Salão do Automóvel - R$ 112 milhões
Feira Hospitalar - R$ 99 milhões
Bienal do Livro - R$91 milhões
Francal - R$ 85 milhões
Carnaval - R$ 51 milhões
Fórmula Indy - R$ 80 milhões
Reveillon Paulista - R$ 50 milhões
São Paulo Fashion Week - R$ 45 milhões

segunda-feira, 10 de junho de 2013

Incêndio destroi pavilhão de feiras em Novo Hamburgo


Um incêndio acontecido durante a madrugada do dia 05/06 na Fenac Centro de Eventos e Negócios, em Novo Hamburgo, Rio Grande do Sul, onde ocorria a Feira de Ibitinga, destruiu totalmente o primeiro pavimento do pavilhão de feiras e provocou danos materiais consideráveis, tanto no patrimônio do centro de eventos quanto em mercadorias de feirantes. Afortunadamente ninguém se feriu.

No momento do incêndio, o local era palco de duas feiras, uma de calçados e outra de filhotes de cães. Os bombeiros conseguiram remover todos os animais que estavam no local. As causas do incêndio ainda são desconhecidas, sendo aguardado o resultado da perícia realizada pelo Corpo de Bombeiros. O Centro contava com toda a documentação legalizada, inclusive autorização de funcionamento emitida pelo Corpo de Bombeiros.

sexta-feira, 7 de junho de 2013

Intérprete tenta corrigir gafe do Presidente da França, mas fato não passa despercebido



Durante uma visita a Tóquio, o presidente da França, François Hollande, defendeu hoje (07/06) que o Japão seja aceito como membro permanente do Conselho de Segurança da ONU, ao tempo que assinou acordos de cooperação política pela paz no mundo e de luta contra o terrorismo.

A visita oficial ia bem até Hollande cometer uma gafe durante uma coletiva de imprensa. Ao comentar a morte de japoneses na crise de reféns na Argélia, em janeiro, ele trocou as palavras e disse "chinês" onde deveria ter dito "japonês":

"Me lembro que o Japão sofreu, como a França, com o sequestro na fábrica da Argélia. Expresso as condolências do povo francês para com o povo chinês".

A intérprete conseguiu consertar o erro na tradução simultânea, mas jornalistas notaram o engano. A gafe não poderia ter acontecido num momento pior: as relações entre Japão e China se encontram em fase delicada, por causa de disputas territoriais e divergências históricas.

Leia também:
Equipamento de sonorização: todo cuidado é pouco >>>
Garçom deu banho de cerveja em Chanceler da Alemanha >>>
Gafes acontecem até na mais alta costura! >>>

Ministério do Turismo financiará construção de dez novos centros de convenções


O Ministério do Turismo destinará R$ 660 milhões para aprimorar a infraestrutura de eventos em 10 capitais. Desse valor já foram formalizados R$ 60 milhões para a construção de um centro de eventos em Porto Alegre, R$ 50 milhões para a construção de outro em Curitiba, R$ 20 milhões para a ampliação do Centro de Convenções de Sergipe e mais R$ 36 milhões para a construção de um novo centro de convenções em Pirenôpolis (GO).

Em Porto Alegre, o governo do Estado irá complementar o financiamento para construir  um novo centro de convenções de padrão internacional, com vistas a materializar o projeto de transformar a cidade gaúcha na capital de eventos do Mercosul. O  local para a construção deverá ser apresentado na próxima semana pelo governo do Estado.

Em Curitiba, por sua vez, o governo pretende recolocar a capital paranaense na rota dos grandes eventos e consolidar a cidade como destino natural do turismo de negócios . O valor liberado pelo Governo Federal será destinado à primeira fase da construção de um centro de convenções e feiras, que deverá ficar pronto até 2016.

Em Goiás, o novo centro de convenções e feiras estará localizado em Pirenópolis, cidade que fica a 127 km de Goiânia (GO) e 140 km de Brasilia (DF). O novo espaço ficará pronto em 18 meses e  deverá contar com estrutura que permita a realização de eventos nacionais e internacionais.

Em Aracajú, O Ministério do Turismo liberou 20 milhões para a ampliação e modernização do Centro de Convenções de Sergipe, visando impulsionar o turismo de eventos no Estado.

A forma de administração desses novos empreendimentos encontra-se ainda em fase de estudo e avaliação, mas entre as alternativas mais viáveis estaria a formação de parcerias público-privadas.

quinta-feira, 6 de junho de 2013

Eventualidades em eventos: Chanceler desmaia durante coletiva de imprensa


O Ministro das Relações Exteriores da Burkina Faso, Djibril Yipene, desmaiou abruptamente durante uma coletiva de imprensa realizada na Turquia. Após a assinatura de um acordo de cooperação, no momento em que o Chanceler da Turquia respondia a perguntas dos jornalistas, Djibril desmaiou, derrubando o púlpito que se encontrava à sua frente.

Djibril foi rapidamente socorrido pelos presentes. Após o acidente, os médicos explicaram que o Chanceler, de 55 anos, sofreu uma crise de cansaço combinada com o consumo de medicamentos contra a gripe e um nível de açúcar excessivamente baixo no seu organismo.

ASSISTA AO VÍDEO >>>

quarta-feira, 5 de junho de 2013

Pesquisa ICCA sobre "eventos internacionais" é louvável, mas resulta insuficiente para avaliar o mercado de eventos no Brasil


A última pesquisa divulgada pela International Congress & Convention Association - ICCA, coloca o Brasil no 7ª lugar no ranking mundial de eventos internacionais realizados em 2012. O Brasil teria organizado nesse ano 360 eventos internacionais, superando os 304 do ano anterior.

Internamente, por estados, a pesquisa do ICCA mostra o Rio de Janeiro em primeiro lugar com 88 eventos, São Paulo em segundo com 77 e Brasília em terceiro com 22. Seguem, na ordem, Salvador (16), Foz do Iguaçu (16) e Belo Horizonte (13).

Vale destacar que a pesquisa do ICCA é realizada sobre a base de critérios muito específicos e contabiliza como "eventos internacionais" apenas aqueles com mais de 50 pessoas, realizados de forma regular (mínimo na sua 2ª edição), que tenham rotatividade em pelo menos 3 países e que sejam enquadrados como congressos, convenções, seminários, fóruns, etc.

Desde 2006 o Brasil consta entre os 10 primeiros países do mundo em quantidade de "eventos internacionais" realizados segundo os critérios da ICCA. Os resultados dessas pesquisas vem se tornando uma referência para avaliar o mercado de eventos no Brasil, e tem sido amplamente divulgados como um fato muito positivo do setor de eventos.

Mas alguns aspectos deverão ser tomados em consideração para evitar que sejam feitas avaliações incorretas ou simplistas. É preciso ter presente o fato de que os "eventos internacionais" contabilizados pelo ICCA são apenas aqueles que cumprem com as exigências anteriormente mencionadas, e cuja realização é de alguma forma comunicada à ICCA.

Quer dizer, "eventos internacionais" que não cheguem ao conhecimento da ICCA, ou aqueles que não atendam às exigências estabelecidas acima, não serão contemplados nessa pesquisa. Assim, como é de se supor, muitos outros eventos também "internacionais"  infelizmente não formam parte dos resultados divulgados.

Os próprios números da pesquisa ICCA parecem distorcer uma realidade que parece evidente do mercado de eventos brasileiro: São Paulo seria, sem dúvida, o lugar onde se realizam a imensa maioria dos eventos no Brasil, e nesse quesito não certamente não perderia para nenhum outro estado da federação, nem sequer para a nossa Cidade Maravilhosa.

Outro elemento a se ter em conta é que o volume de eventos quantificados pela ICCA resulta insignificante diante da totalidade de eventos realizados no Brasil, e não se tem certeza se os dados divulgados poderiam servir sequer como referência para se ter uma noção do lugar que realmente cada estado brasileiro ocuparia na atualidade no que se refere a eventos realizados.

É importante esclarecer que o antes exposto não diminui em nada o trabalho louvável que vem sendo realizado pela ICCA, e mais do que isso, deveria nos levar a uma preocupante reflexão: é uma pena que o nosso fabuloso mercado de eventos tenha de ser avaliado com base em pesquisas forâneas tão distantes da nossa realidade.

Padecemos de uma carência quase absoluta de pesquisas nacionais sobre o mercado de eventos. Faltam estudos elaborados no Brasil, por especialistas conhecedores da nossa realidade, que nos permitam avaliar o real impacto dos milhares de eventos e feiras nacionais e internacionais que todo ano são realizados nas cidades brasileiras.

Devemos e podemos juntar forças e fazer, juntos, um importante apelo para que os nossos pesquisadores, acadêmicos, técnicos, profissionais de eventos, associações de classe, etc., dediquem uma parte dos seus esforços para a realização das diversas pesquisas de que tanto precisamos no setor de eventos no Brasil.

Aí sim, ao comparar as nossas próprias pesquisas com aquelas que são realizadas mundo afora, inclusive as da ICCA, contaremos com uma visão mais próxima da nossa realidade, dos nossos avanços e dos rumos que precisamos seguir para profissionalizar cada vez mais o nosso fabuloso mercado de eventos.

segunda-feira, 3 de junho de 2013

Eventos: acadêmicos, organizadores e fornecedores trocam experiências em Brasília


Uma iniciativa promovida pelo Curso Técnico em Eventos do Instituto Federal Brasília - IFC propiciou um interessante debate entre professores e alunos desse curso com representantes de empresas organizadoras e fornecedores do setor de eventos.

O evento, denominado Encontro e Conteúdo: Encontro entre Estudantes, Profissionais e Setor Produtivo, foi realizado no dia 28 de maio, no Campus Brasília do IFB, e contou com a participação de aproximadamente cem pessoas, entre alunos, professores, empresarios, organizadores de eventos, representantes de associações e fornecedores de diversos serviços.

O debate girou em torno da necessidade de uma maior interação entre o setor acadêmico e a área empresarial, com vistas ao aprimoramento do conteúdo dos cursos de Eventos, possibilitando a formação de alunos cada vez melhor preparados para esse exigente mercado de trabalho.

Um dos temas mais debatidos foi precisamente a grade curricular dos cursos de Eventos e o perfil profissional dos alunos formados nesses cursos, confrontando-se no debate o conhecimento que deverá ser adquirido pelos estudantes com as reais necessidades do mercado de eventos.

A feliz iniciativa do IFB gerou ideias interessantes, e possibilidades concretas de parcerias entre esse instituto e algumas das empresas e instituições representadas no encontro. É uma troca que beneficia todas as partes, e que esperamos se repita muitas vezes, permitindo uma cada vez maior profissionalização do setor de eventos.

sábado, 1 de junho de 2013

Grandes eventos no Rio de Janeiro contarão com novo Centro Integrado de Comando e Controle

Centro Integrado de Comando e Controle - RJ

Com o jogo amistoso entre as seleções de Brasil e Inglaterra, no Maracaná, começará a funcionar hoje (02/05), no Rio de Janeiro, o Centro Integrado de Comando e Controle (CICC), que terá como objetivo o monitoramento dos grandes eventos esportivos e culturais realizados nesse Estado.

Instalado num prédio de quatro andares, na Cidade Nova, e contando com o que existe de mais avançado do ponto de vista tecnológico, o CICC possibilitará a integração operacional e técnica das instituições responsáveis pela segurança pública durante a realização dos grandes eventos: Polícia Militar, Polícia Rodoviária, Corpo de Bombeiros e SAMU.

Inaugurado pelo Governador do Estado e pelo Ministro da Justiça, o CICC se coloca entre os maiores projetos do mundo nesse tipo de atendimento integrado de segurança em grandes eventos, no estilo de outras importantes metrópoles como Nova York, Londres, Madri e Cidade do México.

Vida de produtor de eventos não é mole não!

Será que já nascemos produtores de eventos ou a culpa é da mamãe! rsrsrs

sexta-feira, 31 de maio de 2013

Secador de mão ou toalha de papel: qual a melhor opção para o banheiro do seu evento?


Nos últimos anos, os avanços tecnológicos levaram à substituição, nos banheiros públicos, da velha e tradicional toalha de papel por secadores elétricos de mãos cada vez mais eficazes (e diga-se de passagem, barulhentos). A novidade, ao que tudo indica, tem sido favorável para o meio-ambiente, salvando a vida de milhões de árvores que deixaram de ser sacrificadas para a fabricação de papel secante.

Esse tipo de secadores têm um gasto significativo de energia (entre 1.800 e 2.200 watts quando acionados), mas em compensação diminuem custos que seriam destinados à recolhida, transporte e eliminação do papel usado, produtos químicos para limpeza, recursos humanos e tudo mais, além da mencionada economia de papel. Daí a utilização em grande escala de secadores elétricos em banheiros de uso público.

Mas pesquisas recentes realizadas na área médica indicam que a secagem das mãos por meio de jatos de ar quente resulta prejudicial à saúde. A circulação do ar quente produzido por esse tipo de equipamento seria responsável pela proliferação, nos locais onde são empregados, de milhares de partículas contaminadas com coliformes fecais e vários tipos de bactérias.

Resta então a dúvida: Qual a melhor opção disponível para o banheiro do seu evento? Secador de mão ou toalha de papel secante? Fica aí o desafio, e a nossa torcida para que a tecnologia consiga nos presentear o antes possível com novos avanços que permitam uma relação ainda mais saudável e eficaz entre saúde pública e meio-ambiente.

domingo, 24 de março de 2013

Você acha que já viu de tudo em festas de casamento? Eu também achava!

Casal se casa na Califórnia numa festa completamente surreal, carregada
de intermináveis surpresas para uma noiva em prantos. Vale a pena conferir o
vídeo  dessa mega-produção ao estilo... Steven Spielberg!!! rsrsrs


segunda-feira, 11 de março de 2013

É possível garantir 100% de segurança na realização de um evento?

Foto do autor - Montagem do palco para o show do Elton John
no Centro Internacional de Convenções do Brasil - CICB

O trágico incêndio acontecido na boate Kiss, na cidade de Santa Maria, no qual faleceram mais de 200 pessoas, reacendeu a nível nacional a velha polêmica sobre segurança em eventos. O debate em si é muito saudável, e aportará melhorias e soluções para evitar tragédias e diminuir acidentes. Mas, como todo debate, para se tornar proveitoso deverá ser realizado com moderação e bom senso.

Na onda do triste desfecho da boate Kiss, na semana passada a polémica sobre o tema da segurança se instalou em Brasília. O show do britânico Elton John, marcado para acontecer no Centro Internacional de Convenções do Brasil – CICB, no dia 8 de março, correu risco de ser cancelado. O motivo alegado pelo Ministério Público? O local não oferecia “100% de segurança” para a realização do evento.

100% de segurança? Segundo foi divulgado pela versão on-line da revista Veja, a promotora Maria Elda Fernandes, do Ministério Público do Distrito Federal, alegou que, mesmo com as certificações positivas concedidas ao local pelo Corpo de Bombeiros, pela Defesa Civil e pelo Detran, o CICB ainda não oferecia “100% de segurança”, motivo pelo qual ela teria ajuizado ação cautelar exigindo o cancelamento do show.

Mas, a final, é possível garantir 100% de segurança na realização de um evento? Existe algum lugar onde possamos estar 100% seguros? “Não” – foi resposta categórica que o comandante do Corpo de Bombeiros deu aos jornalistas durante a coletiva de imprensa realizada no próprio local do evento, dois dias antes do show.

E disse mais o comandante aos jornalistas: “Não há qualquer lugar no mundo onde possamos garantir que estamos 100% seguros, nem sequer nas redações dos jornais onde vocês mesmos trabalham”. A função do Corpo de Bombeiros, da Defesa Civil e do Detran é a de fazer cumprir exigências que permitam evitar e minimizar riscos de acidentes, e que possibilitem agir de forma correta quando os mesmos, infelizmente, aconteçam.

Mas, 100% seguros não estamos nem em casa, nem no trabalho, nem no trânsito, nem no mais moderno e sofisticado centro de convenções que existe, e nem no mesmíssimo prédio do Ministério Público do Distrito Federal. Por isso, o Tribunal de Justiça do DF autorizou a realização do show do Elton John, e esclareceu, em nota, que não comprovou qualquer situação de irregularidade no local, conforme sugerido pela procuradora.

O debate sobre a segurança nos eventos deverá continuar, e a manifestação de todos os envolvidos será sempre muito bem-vinda. Mas deverão predominar o bom senso e a moderação nas decisões, pois a solução para garantir a segurança terá de passar não pela simples proibição ou cancelamento dos eventos, e sim pelo real cumprimento das normas e procedimentos estabelecidos pelos órgãos fiscalizadores responsáveis, leia-se: Corpo de Bombeiros, Defesa Civil e Detran.

quarta-feira, 13 de fevereiro de 2013

Estrutura de tenda para eventos cai na Bahia, deixando um morto e dezenas de feridos


Foto: Divulgação - A Tarde - Bahia


O complexo turístico da Costa do Sauípe, na Bahia, se tornou hoje palco de um lamentável acidente envolvendo o mundo dos eventos: uma tenda que estava sendo montada para a realização de uma festa da empresa Bradesco desabou, provocando a morte de um montador e aproximadamente 50 de feridos, dois deles em estado grave.

Segundo informações que começam a ser divulgadas, uma forte rachada de vento teria entrado por uma das laterais da cobertura de lona que estava sendo fixada na estrutura de metal, jogando-a acima das pessoas que trabalhavam na montagem. Vários montadores teriam inclusive caído ou se jogado de cima da estrutura, enquanto ela desabava.

A empresa Bradesco emitiu nota lamentando o acidente. A TV1 Eventos, empresa do grupo TV1, também lamentou, e alegou que a obra estava sendo realizada "dentro de todas as especificações e normas de segurança exigidas por lei para este tipo de edificações e sob supervisão de engenheiros e arquitetos qualificados e experientes".

Vamos aguardar o laudo final elaborado pela perícia para poder identificar as causas reais de mais esse acidente envolvendo estruturas e tendas para eventos, mas não é a primeira vez que uma tenda sendo montada "voa e desaba" logo após ser atingida por uma rachada de vento. Parece até um filme de muito mau gosto que se repete de forma desnecessária.

Um dos segredos para evitar acidentes como esse qualquer montador profissional conhece: nunca (mas nunca mesmo!) se fecham o teto e três laterais, deixando apenas uma das laterais da tenda aberta, pois o ar entra e, não encontrando por onde sair, transforma toneladas de ferro e lona num "paraquedas de brinquedo", e o lança literalmente pelos ares.

O nosso sentido pêsame aos familiares e amigos do colega falecido, e os votos de pronta recuperação aos feridos nesse infeliz acidente. E como sincera homenagem a todos, vamos assumir o compromisso de profissionalizar cada vez mais o nosso setor, lembrando que, em se tratando de montagem de estruturas para eventos, todo cuidado será sempre pouco!